Fake News sobre a Covid-19 ainda assolam a comunidade


As notícias falsas se espalham rapidamente e muitas dessas informações imprecisas, recebidas e espalhadas como verdadeiras, geram pânico na população, prejudicando o combate à pandemia.

Conheça cinco fake news sobre o novo Coronavírus e ajude a impedir a disseminação desses mitos:

1. Existe um medicamento específico para o tratamento ou a prevenção da COVID-19

Falso. Até o momento, não há nenhuma comprovação de que a hidroxicloroquina ou qualquer outro medicamento possa curar ou prevenir a COVID-19

2. O consumo de álcool protege contra a COVID-19

Isso não é verdade. Além de não ter nenhuma relação com a prevenção da doença, o consumo nocivo de álcool debilita o sistema imunológico e aumenta o risco de danos à saúde

3. Animais de estimação podem transmitir a COVID-19 aos humanos

Não há evidências sobre isso

4. A COVID-19 só é letal em idosos

Falso. Idosos e pacientes com doenças crônicas correm mais risco de desenvolver formas graves da doença, mas pode haver mortalidade entre pessoas de todas as idades que contraem o vírus

5. Só pessoas sintomáticas transmitem a COVID-19

Não. É importante saber que uma pessoa infectada pode levar até 14 dias para apresentar sintomas. Mas, mesmo sem os sintomas, essa pessoa pode transmitir a doença.

Visando acabar com essa onda de notícias falsas, o Ministério da Saúde criou o canal SAÚDE SEM FAKE NEWS, exclusivo para recebimento e envio de mensagens instantâneas, via WhatsApp.

Por meio do número (61) 99289-4640, qualquer cidadão poderá enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, ou seja: se é verdadeira ou falsa.

Conteúdo: Agência CIME

Fonte: Site médicos sem fronteiras



Enviar por e-mail Imprimir

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta


Av. Konrad Adenauer, 1610. Bairro Erica. - (55) 3375 3948

Horário de atendimento: Manhã: 08h às 12h - Tarde: 13h30 às 17h30 - Sessões ordinárias: segundas às 19h

Visualizar mapa